A ansiedade de aprender um novo idioma pode lhe deixar em dúvida entre um curso intensivo de inglês ou um extensivo.

Para entender qual é a modalidade mais indicada para você, primeiro, é necessário entender o funcionamento dos dois tipos de curso.

Neste artigo, você vai compreender o que é um curso intensivo de inglês, se é o mais indicado para você e, caso se decida por ele, como escolher a professora ideal para as suas necessidades. Acompanhe:

O que é um curso intensivo de inglês

O curso intensivo de inglês recebe esse nome justamente por sua natureza de imersão no idioma. Ele pode ser feito durante uma viagem de intercâmbio, nas aulas presenciais em uma escola de inglês ou, ainda, à distância, pela internet.

Esse tipo específico de aprendizado tem por base estudos que pregam a exposição contínua a um conteúdo para fortalecimento das nossa ligações com ele. A ideia é tornar o inglês familiar e natural ao seu cérebro por meio do estudo intensivo, assim como é o português.

O curso é indicado para aqueles que desejam aprender o novo idioma com urgência, devido a uma viagem que se aproxima, uma promoção inesperada no trabalho ou a pressa para realizar alguma prova que cobre conhecimentos do inglês.

A grande diferença entre o aprendizado intensivo e o extensivo é a quantidade de horas-aula ministradas por dia.

Comumente, alunos dispostos a aprender um novo idioma com mais tranquilidade, optam por realizar uma média de 2 aulas semanais, de uma hora cada.

Já a modalidade intensiva propõe o exercício diário do idioma em aulas que duram mais horas, de acordo com a disponibilidade do aluno e da professora.

A possibilidade de estudar o conteúdo previsto para 12 meses em apenas 1 atrai cada vez mais pessoas para essa modalidade. Contudo, a eficiência do curso depende muito mais do seu tempo disponível para estudar em casa e assimilar o conteúdo visto em aula do que da escola ou professor, propriamente.

Vale a pena fazer um curso intensivo?

Por mais que possa parecer clichê, a resposta é: depende. Isso porque a individualidade do aluno é o fator de maior peso na efetividade do curso.

Cursos intensivos são mais caros, se comparados à cursos comuns, como consequência da maior frequência das aulas e quantidade de horas ministradas diariamente.

Sendo assim, um curso intensivo de inglês só vale a pena para quem tem tempo disponível para se dedicar às horas de aula diárias. Ainda, é necessário um esforço extra para seguir os estudos sozinho, relendo os materiais e fazendo os exercícios propostos pelo professor em casa.

Para quem está disposto a imergir no inglês dessa forma, a modalidade intensiva é bastante indicada e vai ser tão eficiente quanto o prometido.

O curso intensivo de inglês ideal

Um curso intensivo de inglês deve contemplar todas as áreas do aprendizado de um novo idioma: leitura, audição e conversação. Contudo, não há problema algum em se interessar por escolas que tenham a conversação como foco principal do ensino.

É natural que essa área seja evidenciada. Muitas vezes, o que você mais quer é aprender a falar inglês, não é? E, além do mais, quanto mais você pratica o idioma falando, mais rápido assimila o vocabulário, começa a pensar em inglês e perde a timidez.

A quantidade de alunos em sala

Na busca por uma escola de inglês ou professor particular que ofereça um curso intensivo de qualidade, leve em consideração a quantidade de alunos em sala.

A modalidade intensiva requer uma maior atenção do professor, no que diz respeito às suas dificuldades no idioma para resolvê-las logo e permitir que avance aos próximos níveis de aprendizado.

O material didático

O material didático também deve ser analisado com bastante atenção.

Afinal, você tem a responsabilidade de estudar em casa, sozinho, todo o conteúdo visto em sala e deverá treinar o seu cérebro realizando atividades, lendo e ouvindo o conteúdo indicado pela professora.

A conversação ao longo do curso

Outro fator a se priorizar é a conversação 100% em inglês durante o curso. Lembre-se, você deve estar imerso no idioma. Sendo assim, o seu mundo deve funcionar em inglês de agora em diante, até que se torne natural.

Pacotes de preço, tempo de duração do curso e conteúdo programático são pessoais, a não ser em caso de escolas que promovam turmas grandes e temporadas intensivas em massa aos alunos.

Aqui na Fitway, as aulas podem acontecer presencialmente, por Skype, Zoom ou Google Meet e até mesmo por chamada de vídeo de WhatsApp. A frequência das aulas é a que melhor se encaixa na sua urgência de aprender inglês.

Caso queira entender o funcionamento de um curso intensivo, você pode agendar um bate-papo com nossa coach de línguas. 

Basta clicar aqui. Tenha certeza de contratar a melhor opção de um curso intensivo ou extensivo de inglês!